A Dependência Química é considerada uma doença crônica, originada por inúmeras causas, principalmente por questões sócio-familiares, pela busca da sensação de prazer dentre diversos mecanismos de auto-defesa…

 

O tratamento em si busca compreender a origem do problema através da escuta, e do acolhimento, a fim de propor ao adicto confesso, outro parâmetro de conscientização, visando a redução de danos, entre outras inúmeras possibilidade de mudanças sócio-comportamentais.